Blog

Sinta o Vento

Publicado em 29/04/2020 647 visualizações

Vivemos num país quente, tropical e úmido que de anos para cá tomou para si o ar-condicionado.
Adquirimos esse comportamento de um mundo corporativo que buscava o foco a todo custo, oferecendo um ambiente não convidativo ao recreio.
Não julgo, afinal, partilhamos da alegria de chegar da rua e adentrar um ambiente climatizado.
Mas o fato é que o ar condicionado nos condicionou.
Não a um comportamento exatamente, mas a um hábito que em tempos de confinamento e insegurança como esses nos faz desejar a sensação de liberdade que “lá fora” nos traz. Ou seja, nos frustramos (mais) sem perceber.
Sentimos falta da dança de uma ventilação não programada.
A Arquitetura soluciona “problemas” com o bom senso de quem estudou para ações inteligentes. Mas, confesso, muitas vezes nos deixamos levar pelas facilidades de uma vida moderna que pode nos aprisionar, como temos visto.
Portanto, nesse momento, independente se sua casa, apartamento, chalé, palafita ou o que quer que seja tenha ou não ar-condicionado instalado em cada cômodo: abra as janelas, as portas, os vitrôs e vidraças, e permita-se fazer parte daquilo a que sempre pertencemos.
 

Rua Barão de Piracicamirim, 1548 | Piracicaba SP WhatsApp 19. 98450 0394